Saiba porque as vergonhas e culpas atrapalham o Orgasmo

 em Orgasmo, Prazer Feminino, Sexo

Na minha experiência de mais de 30 anos como psicoterapeuta escuto, principalmente de algumas mulheres, o sentimento de insatisfação e de grande frustração, por não conseguirem gozar, por não chegarem à fase do platô e do orgasmo. Para evitar a frustração e sofrimento preferem, muitas vezes, evitar o encontro sexual. Referem que na masturbação chegam a sentir o orgasmo, mas que a dois não conseguem se liberar. A maioria das mulheres quando procuram o tratamento é para compreender porque vivem a anorgasmia.

Le Rêve (O Sonho) – 1932 Pablo Picasso

Se por um lado  a  mídia explora  de forma exacerbada,  através das  músicas e dos meios de comunicação, cenas de sexo, por outro, ainda é um grande tabu vivenciar a sexualidade com naturalidade e liberdade. Esse sempre foi um assunto pouco ou nunca discutido  nas relações familiares, tudo fica por baixo dos panos.  Nos dias atuais,  o  sexo ainda é visto com muitos preconceitos e moralidade e não como algo que faz parte da saúde.

Essas queixas recorrentes relacionadas à falta de prazer sexual entre os casais, principalmente das mulheres, levou-me a perceber que  não bastava no tratamento psicoterapêutico  que as pessoas  falassem  sobre as suas dificuldades. Tomar consciência das repressões é importante, mas não o suficiente para libertar as amarras e  as couraças  que  vão sendo armazenadas no corpo, criando pontos fortes de rigidez e  dificultando a experiência do orgasmo. O que eu chamo de corpo controlado.

Couraças Musculares: bloqueio da Energia do Corpo

Couraças Musculares: bloqueio da Energia do Corpo

Para que a  sexualidade seja vista   de forma holística,  é  importante saber  que   as tensões corporais interferem na mente e bloqueiam a pessoa na experiência do orgasmo. Quando o corpo é desbloqueado, os fantasmas sexuais dão lugar à espontaneidade, ao lúdico e à alegria. A sexualidade passa a ser vista com naturalidade e de forma saudável, como tem que ser.

Segundo estudo e pesquisa do Prosex (USP), mais da metade das mulheres brasileiras, não chegam ao orgasmo. Imagine que esse percentual não tem nada a ver com problemas fisiológicos e orgânicos. O percentual de  95% das causas da anorgasmia são da ordem psíquica, relacionadas às repressões sexuais e por desconhecimento do próprio corpo, no sentido, principalmente, da dificuldade de se  tocar nos órgãos sexuais para  descobrir os pontos que promovem o gozo. As consequências, principalmente para as mulheres, são os medos e a desconfiança no momento de se  entregar e se  fundir no corpo do outro.

Ao tocar no seu corpo, ter a curiosidade de se  auto conhecer,    a mulher pode  reconhecer o que são os  preconceitos e repressões que foram passados ao longo da sua história de vida e perceber o que ela deseja e o que não deseja. Saberá  fazer escolhas  para viver junto a  outra pessoa o seu  Prazer Sexual.

Sea of Feelings – Leonid Afremov

Sea of Feelings – Leonid Afremov

É importante que possamos  viver o nosso  orgasmo da forma que  desejemos,  sem vergonhas ou sentimentos de culpa!

ESSA  LIBERDADE É TRANSFORMADORA!
Postagens Recomendadas