Graciosidade Corporal e o Prazer Orgástico

 em Corpo Feminino, Prazer Feminino, Saúde Sexual

Mulheres e homens apresentam mais graciosidade na forma de se expressar corporalmente, quando vivem com liberdade o seu Prazer Orgástico.

Um estudo de publicação The Journal of Sexual Medicina, levanta a hipótese, através de pesquisa científica,  que a forma de andar e as características anatômicas determinam a tendência das mulheres a terem orgasmos vaginais.

“Músculos pélvicos bloqueados, que podem ser associados com debilidades psicosexuais, podem também comprometer a capacidade de ter orgasmos vaginais  assim como o modo de caminhar”, diz Stuart Brody, um dos líderes do estudo.

Ainda segundo o pesquisador, mulheres com capacidade de ter orgasmos vaginais se sentiriam mais confiantes com sua sexualidade, o que pode refletir no modo como caminham. (BBC BRASIL. Com).

As conclusões do estudo dão mais credibilidade às teorias que propõem técnicas de respiração e movimentos musculares para tratar disfunções sexuais.

Essa associação entre o caminhar e a Potência Orgástica faz todo o sentido. Para a teoria  Reichiana, um corpo encouraçado  não consegue soltar a respiração e a pélvis, mantém o controle na cervical não conseguindo promover o fluxo energético necessário para a liberação orgástica. Essa dinâmica é verdadeira tanto para as mulheres, quanto para os homens.

Quer saber mais? Assista ao vídeo desta postagem

Postagens Recentes