Expandir a Respiração, o Caminho do Orgasmo

 em Orgasmo, Prazer Feminino, Saúde Sexual, Sexo

Você se liga na sua forma de respirar? Pois é, poucas são as pessoas que se (pre)ocupam em perceber se estão respirando corretamente, se o corpo está relaxado ou tenso. Infelizmente na cultura ocidental, mais de 70% das pessoas respiram de forma errada, é o que aponta uma pesquisa divulgada pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Nos momentos de estresse e de fortes emoções a pessoa tem o impulso de segurar a respiração, formando tensões e enrijecendo o corpo. Se respirássemos com a naturalidade dos bebês e dos animais, teríamos um nível de energia satisfatório, um corpo ritmado e raramente sofreríamos de estresse, cansaço crônico e depressão. A maioria das pessoas não tem consciência de que esses  sintomas estão relacionados à forma errada de respirar.

Atualmente, tem sido difundido com mais freqüência a importância do processo respiratório e técnicas para melhorar a oxigenação que beneficiam o corpo e a mente. Incluo nesses benefícios a saúde sexual. O orgasmo está totalmente vinculado com a respiração pélvica, que profunda e livre possibilita a percepção e liberação dos medos e sentimentos reprimidos responsáveis, na grande maioria, pelo bloqueio do prazer sexual.

Existem pessoas, principalmente mulheres, que não soltam o corpo e a respiração por medo ou inibição de expressar seus desejos e eroticidade. Esses medos geram grandes prejuízos por impossibilitar ou diminuir as práticas sexuais prazerosas e orgásticas. É importante que o casal possa viver e praticar o sexo da forma que desejarem, as pessoas envolvidas é quem devem decidir o que querem e o que as excitam.

Na minha experiência de consultório, atendo com muita freqüência pessoas com a respiração limitada na região do tórax (parte alta do corpo) e/ou com uma onda de oxigenação até o nível do umbigo ou dos ossos pélvicos, sem atingir o baixo ventre e a cavidade abdominal profunda. Essa falta de expansão gera alguns prejuízos para a vida sexual. Praticar exercícios corporais vinculados à respiração correta  promove bons  resultados para saber lidar melhor com o seu corpo, ter consciência da necessidade do processo de mudança para a liberação da energia do orgasmo. A Massoterapia Reichiana e os Exercícios de Análise Bioenergética são indicados para ajudar nesse processo.

A região que tem maior potencial de energia da sexualidade está na pélvis. Uma pessoa, mulheres e homens, que tem um andar movido pelas ancas tem um molejo que emana graciosidade e uma sensação de liberdade. São pessoas que respiram com todo o corpo e são mais livres para viverem a sexualidade com naturalidade, sem censuras e sem bloqueios na hora do Prazer. A intensidade do orgasmo, está associada à liberdade que o corpo tem de se expressar sem amarras.

A respiração pélvica tem alguns segredos na hora do sexo. No momento da excitação a pessoa que permitr que  os movimentos sejam mais livres, sem a preocupação em controlá-los, vai experimentar sensações intensas no corpo, como: aquecimento, aceleração cardíaca e da respiração, bem como, movimentos corporais involuntários que vão se intensificando em forma de ondas de prazer.  Para um bom desempenho sexual, livre de repressões e tabus, os movimentos corporais podem ser aprendidos, exercitados e praticados, isso é saudável para a vida sexual do casal.

Em nome do Prazer, é preciso desbloquear e soltar a Respiração e a Pélvis!

Se quiser comentar ou tirar dúvidas escreva nos comentários abaixo ou no blogasmo@gmail.com

Postagens Recomendadas